SEGURANÇA NO TRABALHO

SEGURANÇA NO TRABALHO

Leila Dillmann
Leila Dillmann

Um ambiente de trabalho seguro é importante para desenvolver as atividades de forma a prevenir tanto empresa quanto funcionários. Isso traz ótimos resultados para todos os envolvidos, diminuindo assim as chances de acidentes de trabalho. Porém, para que essa segurança seja realmente eficaz é necessário haver um acordo entre empregador e funcionário quanto a utilização dos EPIs (Equipamento de Proteção Individual).

O RH da sua empresa disponibiliza equipamentos necessários para segurança dos colaboradores, como cursos e palestras que possam orientar os funcionários a respeito dos riscos, atitudes que devem ser tomadas, entre outros?

É essencial que os funcionários acatem essas normas, prestem atenção no seu ambiente de trabalho e utilizem os equipamentos de forma correta para que no caso de acidentes os mesmos saibam o que fazer conforme as orientações dadas em treinamento.

São vários os equipamentos de segurança e muitos os setores da indústria para quais são disponibilizados, vejamos alguns:

  • INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA: Jaleco, toucas e aventais simples e térmicos, mangote, protetores auditivos, óculos, máscaras, luvas, produtos descartáveis, roupas térmicas, malha de aço, emborrachados, nitrílicas, botas de segurança;

EQUIPAMENTOS PARA INDÚSTRIA QUÍMICA:

Creme protetor, capuz, protetor facial, óculos, luvas, máscara, respirador, avental, botas de borracha, peneiras e calças;

EQUIPAMENTOS PARA CONSTRUÇÃO CIVIL:

Capacetes de segurança, protetor auditivo, viseira, óculos, máscaras, camisas e calças, cinto de segurança, luvas, botas emborrachadas e filtro solar;

  • EQUIPAMENTOS PARA TRABALHOS COM ELETRICIDADE: Capacete, óculos, luvas e sapatos emborrachados, capa protetora, cinto de segurança, mangas de segurança e ferramentas apropriadas para essa linha de trabalho;
  • EQUIPAMENTOS PARA AMBIENTES HOSPITALARES: Toucas, óculos, protetor facial, máscaras cirúrgicas, luvas cirúrgicas, avental e capote de manga longa, botas ou sapatos fechados impermeáveis.

Sobre o uso de Extintores

Quando falamos sobre segurança no trabalho, um dos primeiros itens que nos vem à cabeça é o extintor de incêndio, sendo fundamental que esse equipamento esteja presente nas empresas e em alguns casos até em residências.

Para cada tipo de incêndio existe um tipo específico de extintor e é importante utilizar o correto.

Alguns tipos de Extintores:

  • Pó Químico Seco - Indicado para incêndio de classe B (líquido inflamáveis). Age por abafamento. Pode ser usado também em incêndios de classes A e C.
  • Gás Carbônico - Indicado para incêndios de classe C (equipamento elétrico energizado), por não ser condutor de eletricidade. Pode ser usado também em incêndios de classes A e B.
  • Água - Indicado para incêndios de classe A (madeira, papel, tecido, materiais sólidos em geral). Pode ser usado também em incêndios de classes A e B.
  • Espuma - É indicado para combater as classes de incêndios do tipo A (combustíveis sólidos como papel, madeira, tecidos e etc.) e B (líquidos inflamáveis).

Gerador de Energia

Trata-se de um equipamento perigoso e que pode possibilitar acidentes graves portanto, é necessário atenção redobrada às medidas de segurança.

Uma grande parte dos geradores é movido a diesel, o que aumenta o risco para quem for fazer a instalação e manutenção, desse equipamento, mesmo sendo profissionais especializados na área o risco existe e a atenção é tão importante quanto para alguém que por ventura não tenha o treinamento adequado.

A saúde e segurança de todos que fazem parte da empresa é muito importante, essa ação deve e precisa ser realizada por todos. Então em caso de dúvidas sobre os procedimentos de segurança do trabalho procure se informar com um profissional.

E aí? Gostou do post? Compartilhe em suas redes sociais.

Não perca nossas postagens 😃💙

GP 4.0

Leila Dillmann

Supervisora de Implantação e Suporte e redatora do Blog da IOPOINT